Menu

INTEGRANTES

Vinicius Longo:
É artista empreendedor, jornalista, palhaço e poeta. Inicia sua criação e formação artística em 2001, com suas primeiras poesias, onde publica seus livretos “O Mundo” e distribui mais de 2.000 exemplares de forma independente pelas ruas de todo o Brasil. Formado em Jornalismo e focado na área cultural, produz e cria vídeos documentários, programas de rádio (universitários, comunitários e internet), revistas impressas e eletrônicas: "Guerrilha Aberta”. Realiza sua formação em palhaço com diversos mestres de várias partes do mundo (Marcio Libar-BR, Jango Edward-USA, Chacovatchi-AR e outros). Em 2007, funda sua empresa cultural Vinil 69 Produções e em 2008, funda a Cia 2 Banquinhos. Desde 2008, foca sua atuação em realização de atividades culturais ao ar livre, tais como 1ª Maratona de Artista de Rua.com, Boa Praça Encontro de 2008 a 2013 e participa de Festivais pela América Latina, como Bolívia e Colômbia. Em 2016, completará 15 anos de atividade artística.

Fernanda Rocha
É bailarina, palhaça, pesquisadora corporal e pós-graduada no curso de Piscomotricidade. Formada em licenciatura em dança no Centro Universitário da Cidade – UniverCidade. Atua desde os 11 anos, como bailarina, atriz e cantora na Companhia Cadê, atua no espetáculo Criação Imperfeita e recebeu o prêmio Agente Jovem 2012 de remontagem do Espetáculo Pra que serve a escola, onde também atua como diretora.
Além disso, atua como professora e pesquisadora corporal desde 2007, com os grupos: Teatro Quadrante, Centro Educacional Longue Rodrigues, e Cia 2 banquinhos e professora convidada de um workshop de composição coreográfica no ponto de cultura “Circuito de dança” que inclusive, foi seu tema de estudo para o projeto de conclusão de curso sob o título: Cadê: a dança como um ponto: A importância da dança no desenvolvimento da sensibilidade artística de jovens no Ponto de Cultura Circuito de dança orientado por Ana Vitória Freire.

Cíntia Travassos 
É atriz, contadora de histórias, cantora e produtora cultural. É fundadora do grupo de brincantes "As Panambis" com orientação de Juliana Manhães e Cacau Amaral. Como atriz, já fez muitos trabalhos com destaques para:  "mais forte, estruturada" e "Babel de Messalinas", da Cia de Teatro da estrutura, com direção de Márcio Zatta, "As flores da obsessão", do Ciclomáticos DNA, "Sussurros Poéticos", do grupo GAS, entre outras. Além de sua atuação no teatro, também tem trabalhos de cinema, dublagem e leituras dramatizadas com destaque para os curta metragens: "Suicida Metafórico", com direção de Paulo Seusset, "Hora certa"; e "Marcas da violência" com direção de Beatriz Gaspar, projeto que participou também como palestrante sobre o curta em diversos espaços acadêmicos e de experimentação do audiovisual. Atua como atriz e cantora na Cia ActSol, tendo participado de diversos projetos como o mais recente "Terapia de bar", no espaço Solar Catarina em Botafogo. É integrante do grupo teatral Aslucianas onde faz parte de vários espetáculos. Já participou de diversos festivais por todo o Brasil e foi premiada como melhor atriz coadjuvante no Festival de Teatro Carpediem, um dos mais recentes que o grupo participou, nesse ano. Faz parte, ainda, da Cia 2 banquinhos, onde, além de atuar nos espetáculos, faz parte da produção cultural, técnica e faz assistência de oficinas de circo como perna de pau, malabares, palhaço,etc, com destaque para a oficina circense realizada no SESC Ramos, em 2016.

Em 2016, estreia, como atriz, o novo espetáculo "O Palhaço que sabia voar", da  Cia 2 banquinhos, que lança também o livro de poesias, CD de trilha sonora inédita e exposição de 8 anos.

Gabriel Gravina
Carioca, pianista, compositor, arranjador e professor, iniciou seus estudos de música na escola Villa-Lobos. Estudou composição e orquestração com Wladimir Tourinho e piano com Maria Teresa Madeira entre outros professores.
Formando em licenciatura na Unirio, ministra o curso de piano do projeto Uzina da escola SESC de ensino médio. Trabalha como pianista, arranjador e diretor musical no cenário teatral e do teatro musical tendo participado de diversas montagens como Tommy, Spamalot e Book of Mormon com direção de Rubens Lima Jr., Alô Dolly com versão de Miguel Falabella e Lapinha de Wladimir Pinheiro e João Batista.

Lander Andrade
É cantor, ator, compositor, arranjador, trompetista, e principalmente, guitarrista tendo suas experiências no campo da música espalhadas no elenco de diversas bandas autorais ou não. Formado pela Escola de Música Villa-Lobos (Trompete - Banda Sinfônica, Orquestra Sinfônica e Orquestra Popular) em 2010. Está em processo de conclusão do curso de graduação em bacharelado em Arranjo, pela UNIRIO. Entre os principais trabalhos está como cantor e Arranjador de diversos corais; 1993 Revolution 9 (Beatles Songs, Cantor, Guitarrista e Arranjador); De 1999-2010 Espelho da Alma (Cantor, Guitarrista, Arranjador - Disco: "O Mundo e eu" - 2004, música autoral MPB/Rock); 2005 Flaming Pies (Beatles Songs, Cantor, Guitarrista e Arranjador); 2010 Gambiarra Samba Bonde (Cantor, Trompetista, Arranjador - músicas de Wilson Simonal e Jorge Benjor); 2010 Banda Sinfônica Portugal (fundada em 1921) do bairro Lapa(RJ) e blocos de carnaval dos grupos Songorocosongo(RJ) e Orquestra Voadora(RJ), como trompetista.